quinta-feira, 30 de maio de 2019

FORRÓ PARA ABRIR O TEMPO JUNINO

A Casa Mestre Ananias carrega o tempero de uma região de São Paulo que guarda o nordeste dentro dela, o bairro do Bixiga. E domingo passado (26 de maio) o poeirão rasgou o cimento por aqui...




E se o tempo das Festas Juninas se aproxima, então a Casa já abriu esse ciclo com o Forró da Zona da Mata Pernambucana. Quem dá o tom é a Acabocaria, grupo sediado aqui na Casa, que tem Rosinha e Rafa da Rabeca, nosso maestro do forró e professor de Artes Integradas.

Além das participações de Cinthia Arruda e Fernando Correa, tivemos o prazer de receber o grupo "As Kunhãs", duas cearenses e uma paulistana da Cidade Tiradentes. Esse canto extremo da Zona Leste, onde nosso Mestre Ananias viveu os últimos anos de sua vida, também é mais um reduto nordestino da nossa cidade.

Grato às forrozeiras que botaram quente e a todos que chegaram junto. E dia 30 de junho tem mais, nossa XI Festa Junias e é de Forró, Samba de Roda e tudo que a boca come no São João!

Vídeo Caipiroska

quinta-feira, 16 de maio de 2019

EVENTO OU FESTA DE 12 ANOS?


Evento... por aqui sabemos pouco, agora Festa conhecemos bem e é de dentro pra fora da cozinha onde tudo começa acontecer.


São nos preparativos de uma Festa, que estão os mais profundos aprendizados. É no detalhe que se esconde o saber e enquanto os grandões desfazem dos processos da EDUCAÇÃO, em nossa simplicidade festiva criaremos as mais complexas possibilidades.




Festa é família...
Festa é cuidado...
Festa é amizade...
Festa é o eu e o outro, junto e misturado. 

Enfim, Festa é aquele dia em que o convidado especial se perde em meio a tantos outros convidados especiais. O tema de cada Festa é o que se tem de mais importante, e no nosso caso temos um Mestre que nos guia e uma arte que nos une.


Viva sua Casa Mestre Ananias! 

Parabéns ao povo da Casa Mestre Ananias que abre e fecha a porta da cozinha e aos membros da comunidade do Bixiga, cada vez mais presentes em nossas Festas. Um salve aos Capoeiras, ao Samba Sem Vintém, Garoa do Recôncavo, Livraria Simples e Bateria 013 por promover as atrações durante o dia todo.

Fotos Caipiroska

segunda-feira, 15 de abril de 2019

FESTA DA CASA MESTRE ANANIAS - 12 ANOS


Domingo dia 28 de abril, nossa primeira Festa de 2019 abrindo oficialmente o calendário de Festas da Casa Mestre Ananias. 

Aqui na Casa não fazemos Eventos, promovemos Festas. Podem até parecer sinônimos, porém ao entendermos a festa profana como algo que não se separa do sagrado por completo e mantém continuidade com o nosso dia a dia, temos aí um momento bem diferente dos eventos propriamente ditos. Prezamos a informalidade, o encontro da amizade cotidiana, o simples prazer na comunhão em torno das batucadas.

Minhoca cantando com o Samba Sem Vintém na Casa

O acesso às Rodas na Casa são sempre livres, sem cobrança de entrada pois faz parte da proposta sócio educacional do projeto. A comida, sempre oferecida gratuitamente pelos festeiros da Casa aprofundam o sentido de socialização e de oferta. Recebemos gente diversa, de classes sociais diferentes em um encontro familiar, onde crianças, jovens e adultos mantém a harmonia na Festa.

Iniciaremos as 14h com almoço e o Samba Choro "Sem Vintém", seguimos com nossas crianças fazendo Maculelê, a Bateria 013 aqui da Bela Vista, a Roda de Capoeira por volta das 16h30 e no começo da noite o Samba de Roda "Garoa do Recôncavo". Esse ano teremos durante a Festa, além da honra de termos aqui na Casa a Bateria 013...


...Fusca Literário: Feira de Troca de Livros pela "Livraria Simples" - até 2 livros por pessoa

Sejam bem vindos e viva nossa Casa Mestre Ananias que do nosso Mestre herdou o vício de fazer Festa!!!

EM REDE NOSSO CANTINHO MELHORA

Mês passado, em meio ao Carnaval, surgiu a ideia de colocarmos em prática um antigo projeto de uma pequena reforma na sala de artes da Casa Mestre Ananias. André, pai da Isabely, criança inscrita na Casa, se dispôs a botar a mão na massa e logo pensamos... "Não temos grana, mas se juntarmos força com os que estão conosco aqui no bairro, podemos resolver!"...

E assim fizemos! Logo cedo mandamos uma mensagem no grupo da Rede Social Bela Vista, da qual fazemos parte, e em algumas horas tínhamos o necessário.




Logo quebramos a pia desativada que ocupava um grande espaço da sala  e que daria lugar a um tanque, necessidade básica que até então a Casa não tinha em sua estrutura. Enquanto as doações não chegavam fomos adiantando o serviço.  

André, pai da Isabelly, nosso Mestre na construção civil















Quando o tanque, a torneira, a tinta e outros materiais necessários chegaram, o André já havia deixado tudo pronto para a instalação e pintura. O Nelson que treina Capoeira conosco também auxiliou no processo.


                                                                        Foto: Giu

Embora a sala ainda precise de alguns ajustes, o ambiente ficou mais saudável para nossas crianças em suas aulas de artes.


Agradecemos aos parceiros da Rede Social Bela Vista: SODEPRO, MUMBI, Cantina Roperto, Capoeira da UMES e Júlia Vieira aqui da comunidade. Quero deixar registrado o apoio da Giu, nesse e em tantos processos da Casa e ao Nelson e André, nosso Mestre na construção civil, que inclusive é uma ótima indicação aqui no Bixiga.