segunda-feira, 23 de maio de 2011

SAMBA DE VIOLA: DO RECÔNCAVO BAIANO À TERRA DA GAROA NA OFICINA DA CMA

Assistindo ao vídeo acima, você poderá ter mais impressões sobre o universo do samba de viola, com os registros da visita da CMA ao Recôncavo no verão de 2011.


Mais um proveitoso encontro em nome dos saberes populares foi realizado na Casa Mestre Ananias na quinta-feira, dia 19 de maio. Para a I Oficina de Samba de Viola vieram participantes de variadas partes da Grande São Paulo, entre sambadores e apreciadores da nossa rica cultura. Essa ação abriu uma oportunidade para que os sambadores do Garoa do Recôncavo, um dos grupos que integra a Casa Mestre Ananias, compartilhassem sua experiência com os interessados, contando também com a especial participação de Mestre Ananias junto a nós. Os integrantes do grupo paulistano (desde a década passada em atividade) realizam um intercâmbio anualmente com os sambadores do Recôncavo Baiano, seja pelas viagens até a Bahia ou pelas vindas eventuais de sambadores baianos a São Paulo.

São Paulo é conhecida como capital dos nordestinos, que há gerações migram para cá em busca de oportunidades na maior cidade do hemisfério sul. Em grande número nesse contingente estão os baianos, vindos do maior estado do Nordeste, assim como fez Mestre Ananias em 1953 trazendo na "bagagem" a sabedoria da capoeira e do samba de roda.

Logo ao chegar, com a hospitalidade característica da CMA, os participantes tinham à sua disposição uma mesa com frutas e puderam espantar o frio outonal de Sampa com o caldinho de feijão preparado por Fernanda. O licor de jenipapo, sempre presente nos encontros de samba de roda do Recôncavo Baiano, também pôde ser provado pelo público, formado por adultos.

Num ambiente informal, a oficina teve como objetivo retratar a espiritualidade do nosso povo e revelar a riqueza dos valores preservados por meio da cultura popular. O samba de roda é patrimônio cultural e imaterial da humanidade e tem a Casa Mestre Ananias como difusora dessa sabedoria em São Paulo.

Abaixo, veja as fotos dessa quinta, 19 de maio, na CMA, registradas pelo fotógrafo Zé Amaral:

A Casa Mestre Ananias é ponto de encontro de quem gosta de samba de viola em São Paulo.


A turma se mostrou atenta e interessada em aprender mais sobre a nossa cultura popular, ao ouvir o que o sambador Rodrigo Minhoca tinha a dizer na oficina.

Várias fotos e vídeos para mostrar aos participantes, com os registros das viagens ao Recôncavo feitas pelos integrantes da CMA a cada verão.

Fernanda faz a saia balançar na sintonia do samba de viola.

Encontro na CMA tem de terminar em samba!

Um comentário:

Claudia de Paula disse...

A oficina foi ótima! Temos que fazer outras!! As pessoas adoraram e estão pedindo mais!