terça-feira, 5 de junho de 2012

RUMO À CAPOEIRA DO RECÔNCAVO BAIANO

Pedro, Mestre Messias e seu filho Valdemir em sua casa no distrito de São Brás 


Uma conversa ao fim da tarde na Ladeira da Cadeia em Cachoeira, sentado na beira da porta de uma pequena casa em companhia de um velho morador e antigo Capoeira da região, indo na casa de antigos mestres da Capoeira de Santo Amaro da Purificação ou na casa do velho mestre Messias no distrito de São Brás. 

Nessas ocasiões, nos causos contados sobre acontecimentos da Capoeira e do cotidiano, no jeito vivo de falar e no brilho do olhar, a Capoeira se mostra e se faz presente, nos leva a imaginar esses tempos antigos e torna o passado mais vivo, alimenta nossas inspirações e nos leva a repensar nossas ações dentro dessa arte. Viva os velhos Capoeiras do Recôncavo e a continuidade dessa força mantida pelo nosso Mestre Ananias em São Paulo, viva a Capoeira!

Viva também as pessoas que ajudaram a proporcionar esses momentos no Recôncavo: Fernando (São Brás), Guegueu e Mestre Gato Góes (Casa do Samba, Santo Amaro), Katharina Doring (Salvador), Rosângela Cordaro (Identidade Brasil, Cachoeira), Mestres Felipe e Ivan (Santo Amaro)... Obrigado!


Por Pedro Perna
membro da Casa Mestre Ananias em viagem pelo Recôncavo em busca dos mistérios da nossa Capoeira.

2 comentários:

Claudia de Paula disse...

Boa, Pedro!
Viajar para o Recôncavo é uma grande oportunidade de vivenciar e estudar a capoeira e o samba de roda.
A CMA deve sempre incentivar nós, os "filhos", a esse tipo de pesquisa viva!
Axé

Reserva dos Indaiás disse...

Olá,se quiser passar em Bom Jesues da Lapa,pergunta por Antonio Mariano,tem um bom samba de roda.